Voce esta aqui: Home/ Destaques / Na abertura da empresa, é melhor ter foco do que diversificar

Na abertura da empresa, é melhor ter foco do que diversificar

É comum que empreendedores envolvidos no início de novos negócios sintam-se motivados e com uma energia espetacular para implementar novas ideias. A vontade de fazer acontecer supera qualquer obstáculo operacional. Mas esse ímpeto nem sempre traz resultados interessantes quando a diversidade não pode ser implementada, já que o empreendedor não ganha escala, ou seja, ele não se multiplica.

No início de qualquer negócio, salvo raras exceções, a empresa tem uma estrutura enxuta, com poucos funcionários e poucos recursos. Além disso, não possui marca difundida e um histórico no mercado, ou seja, precisa se mostrar, conquistar a primeira grande conta ou vender para um cliente âncora. Muito precisa ser feito para conquistar a fidelidade de clientes e o comprometimento de fornecedores.

O empreendedor líder deverá estar à frente destas ações e por isso não terá alternativa, a não ser ter foco. Ao focar poderá conhecer cada vez mais o seu modelo de negócio e validar ou reformular sua abordagem e otimizar seu produto com base na avaliação dos clientes.

Não é por acaso que empreendedores de sucesso, quando contam suas histórias, lembram-se que no início é muito importante ter foco, para não se distrair com ideias a todo o momento e sair da rota.

Só após o empreendedor sentir que já está bem estabelecido no mercado (o que pode ocorrer geralmente a partir de um ano) é hora de pensar em diversificação, em conquistar novos mercados, novos clientes, desenvolver novos produtos e continuar a inovar. Provavelmente a empresa já terá outra estrutura e permitirá ações mais abrangentes.

É claro que existem exceções à regra e você sempre encontrará negócios que se desenvolvem rapidamente diversificando desde o início. Em um ambiente cada vez mais competitivo e com clientes cada vez mais exigentes o empreendedor deve ser o melhor em sua área de atuação. E isto só se conquista com foco total, resistindo sempre à tentação de novas ideias e projetos a todo o momento.

Este texto foi escrito com base no livro “Seja dono do próprio nariz”.

Por: José Dornelas (Bonde)

Deixe um comentario

Copyright © 2011 E.R.Tecnologia. Todos os Direitos Reservados.